Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Dom Bosco e os dez conselhos para educação dos filhos



A educação dos filhos nunca foi uma tarefa fácil. E hoje em dia, parece que a coisa está ainda mais difícil. Como o mundo está mudando muito depressa, os pais ficam inseguros e até se sentem mal preparados para essa função. E não somente os pais, mas nós educadores também. Por isso, a gente procura ajuda com quem tem mais experiência. Em matéria de educação de adolescentes e jovens, há uma figura muito especial com quem podemos aprender muito: Dom Bosco. Ele dedicou a vida inteira a esse ministério e deixou preciosos ensinamentos, como herança para os pais e educadores.
Um comunicador e educador, Hélio Faria, agrupou, numa publicação, 10 pontos básicos do método educativo de Dom Bosco aplicados à educação familiar. Com certeza, vai ser útil você conhecê-los. O primeiro conselho é este: VALORIZE O SEU FILHO. Quando é respeitado e estimado, o jovem progride e amadurece. Ele sabe ou sente que você está interessado nele apenas porque você gosta dele. Então, valorize o seu filho! ACREDITE NO SEU FILHO, é o segundo conselho. Mesmo as crianças e os adolescentes mais “difíceis” trazem bondade e generosidade no coração. Cabe a você procurar – e achar – esta disponibilidade inata. Ouça-o. Acredite nele.
Vamos ao terceiro conselho: AME E RESPEITE O SEU FILHO. Dom Bosco disse: “Se você quer ser amado por alguém, ame-o antes”. Mostre a ele, claramente, que você está ao seu lado. Quem quer ser amado deve demonstrar que ama. E você gosta dele como Deus gosta da gente: sem cobranças, sem busca de retorno. Você gosta dele porque você se sente feliz em vê-lo crescer como pessoa humana. E lá vai o quarto conselho de Dom Bosco: ELOGIE O SEU FILHO SEMPRE QUE PUDER E ELE MERECER. Quem de nós não gosta de elogio? Os jovens também. Eles precisam de elogio e estímulo para prosseguir no caminho certo. Um elogio custa pouco. Vale muito para seu filho.
O quinto conselho lhe toca de perto: COMPREENDA O SEU FILHO. O mundo de hoje é complicado, rude e competitivo. Muda todo dia. Procure entender isto. Coloque-se na ótica do seu filho. Procure compreender porque ele está tão distante, tão longe de você. Quem sabe não está desesperado, perdido, precisando de você, esperando apenas um toque seu? ALEGRE-SE COM O SEU FILHO, é o sexto conselho. Tanto quanto nós, os jovens são atraídos por um sorriso, pela alegria e pelo bom humor. Ninguém melhor do que Dom Bosco entendeu isto. Ele participava de seus jogos, de suas brincadeiras, de seu esporte. Faça isto também. Principalmente, procure gostar disso.
Nós estamos conversando sobre o método de educação de Dom Bosco aplicado à educação familiar. O sétimo conselho é este: APROXIME-SE DO SEU FILHO. No método de Dom Bosco, uma aproximação amiga com os jovens é fundamental. Evita males maiores, porque dá a você a oportunidade de aconselhar na hora certa, de prevenir, antes de remediar. Viva com seu filho, com sua filha. Conheça seus amigos. Procure saber onde ele ou ela vai, com quem está. Convide-o a trazer seus amigos para sua casa. Participe amigavelmente de sua vida. Agora, SEJA COERENTE COM O SEU FILHO. É o oitavo conselho. Não temos direito de exigir atitudes que não temos. Quem não é responsável não pode exigir responsabilidade. Quem não é sério não pode exigir seriedade. Quem não respeita não pode exigir respeito. Às vezes somos rigorosos ou rudes para esconder nossa própria fraqueza e falta de argumentos.
Vamos para o nono conselho? PREVENIR É MELHOR QUE CASTIGAR O SEU FILHO. Dom Bosco que foi excepcional educador, sabia que “a força corrige o vício, mas não corrige o viciado”. No seu pensando – e na sua prática – a educação preventiva permite dar a seu filho uma nova alegria e um novo sentido de viver. O castigo magoa, a dor e o rancor ficam e separam você do seu filho. Principalmente quando é dado na hora errada, quando você – ou o seu filho – estão discutindo sobre qualquer coisa. Pense duas, três, sete vezes, antes de castigar. E nunca com raiva. Nunca.
E pra terminar, o décimo conselho: REZE COM O SEU FILHO. Quem ama e respeita Deus vai amar e respeitar o seu próximo. Quem for um bom cristão na certa vai ser um bom cidadão. Dom Bosco aprendeu que a confissão, a comunhão e a devoção a Nossa Senhora são valores certos e profundos. É o que ele dizia: “Quando se trata de educação, não se pode deixar de lado a religião”.
Foram 10 conselhos: dicas importantes para quem está procurando realizar bem a difícil tarefa da educação dos seus filhos.

Pe. João Carlos Ribeiro

Um comentário:

  1. Ola ! Adorei sua postagem certíssima !
    Boa semana, na paz de jesus!
    Beijos Nena

    ResponderExcluir