Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

domingo, 27 de junho de 2010

SOLIDARIEDADE NAS ENCHENTES


O número de mortes provocadas pelas chuvas e enchentes registradas nos últimos dias na região Nordeste do País subiu para 56 neste sábado. Enquanto Alagoas contabiliza 39 mortes, Pernambuco soma 17, de acordo com as defesas civis dos dois estados. As informações são da rádio CBN.
Ainda conforme a emissora, desde o início das chuvas, cerca de 150 pessoas foram presas acusadas de praticar saques contra as vítimas das enchentes. Neste sábado, a Força Áerea distribuiu 90 t de alimentos nas cidades dos dois estados. Em Pernambuco, os desabrigados (pessoas que perderam sua habitação e estão em abrigos públicos) são 26.200 e os desalojados (pessoas que saíram de casa, mas não necessariamente perderam sua propriedade, e não estão em abrigo), 54.066. Em Alagoas, 26.618 estão desabrigados e 47.897 desalojados.

É muito triste ver tantas pessoas sofrendo. Tudo isso fez-me lembrar da época em que havia enchentes por aqui em Recife. Sofremos com todas aqui. Nossa casa fica próxima do Rio Capibaribe. Éramos pequenos e nossos pais tiravam-nos de casa e só voltávamos quando tudo já estava limpo. Mas víamos o sofrimento deles por perder tudo que conseguiam com sacrifício. A última vez que teve por aqui foi entre 90 e 91, nem me lembro mais. Meu pai ainda estava vivo, eu já era casada, mas não tinha filhos. Foi enchente pequena, pois entrou apenas meio metro na minha casa. Foi terrível.

A única ‘coisa boa’ dessas catástrofes é ver a solidariedade das pessoas. Todo mundo se mobiliza para ajudar de várias formas: alimentos, águas, vestimentas e muito importante também é a palavra amiga.

Por isso peço a todos, que puderem, ajudem nossos irmãos que perderam muito.

Como ajudar?

Se você não mora em Pernambuco ou Alagoas, pode ir à Defesa Civil do seu Estado e dizer que quer destinar doação para estes locais. São necessários alimentos não perecíveis, água mineral, colchões, lençóis, material de limpeza, produtos de higiene pessoal, roupas e sapatos infantis.

ONDE ENTREGAR EM PERNAMBUCO
RECIFE
. Rua do Lima, 250 e Rua da Fundição, 257 - Santo Amaro, das 8h às 19h)
. Loja de serviço JC (Rua Siqueira Campos, Galeria São Francisco, 160, loja 5 - Santo Antônio), das 8h às 18h.
. Pátio de São Pedro, Bairro de São José - Centro
. Sítio Trindade, Estrada do Arraial
. Prefeitura do Recife (Av. Cais do Apolo, 925, Bairro do Recife)
. Assembleia Legislativa (Rua da Aurora)
. Quartel da PM no Recife, Bairro do Derby
. Quartel do Corpo de Bombeiros (Av. João de Barros, 399)
. Instituto Federal de Pernambuco (IFPE): todos os campi do Instituto nas cidades de Recife, Ipojuca, Belo Jardim, Vitória, Pesqueira e Barreiros. Informações: (81) 2125-1639.
. IASC (Rua Imperial, 202, Bairro do Recife)
. Lojas Bompreço (Os donativos devem ser entregues nas lojas Hiper Bompreço de Boa Viagem, Av. Recife e Casa Forte)
. Ordem dos Advogados do Brasil-PE (Rua do Imperador Pedro II, 235, Santo Antônio).
. Faculdade Maurício de Nassau (Rua Guilherme Pinto, 114 - Graças/ Rua Fernandes Vieira, 110 - Boa Vista)
. Faculdade Joaquim Nabuco (Av. Guararapes, 233 - Centro - Recife/PE)
. Federação Espírita de Pernambuco (Av. João Barros, 1629 - Recife - PE, 52021-180)
. Instituto Pró-Cidadania (Rua Castro Alves, 343 - Encruzilhada - Recife/PE)
. Conselho Regional de Enfermagem (Rua Barão de São Borja, 243 Recife - PE, 50070-310)
. Secretaria Municipal de Programas Sociais e da Mulher (Recolhimento pode ser requisitado pelos telefones: (81) 3521-6759 / (81) 3521-6718
. Legião da Boa Vontade (LBV) - Rua dos Coelhos,219, Boa Vista. Fone:(81)3413-8600
. Sintepe - Rua General Semeão, 39, em Santo Amaro. Informações pelo 2127-8876.
. Colégio Apoio (De 22 a 29 de junho, das 7h às 18h25, Rua Conselheiro Nabuco, 44 - Casa Amarela)
. Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS-PE) - Rua Amaro Bezerra nº 489 - Derby - Recife - (81) 3423-0604 / 3423-9907, das 8h às 12h e das 13h às 17h

INTERIOR
. Quartéis da PM e Corpo de Bombeiros

BARRA DE GUABIRABA
(81) 8848-1144 / (81) 9144-6052/ (81) 9144-6053 / (81) 3758-1145

terça-feira, 22 de junho de 2010

Rezando pra Santo Antonio



Tem muita gente querendo casar!
Bárbara, sai daí, pois você é muito nova pra pensar em casar!...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

As doze promessas

Promessas

Principais promessas feitas pelo Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarita de Alacoque:

1. Às almas consagradas a meu Coração, lhes darei as graças necessárias para seu estado.
2. Darei paz às famílias.
3. As consolarei em todas suas aflições.
4. Serei seu amparo e refúgio seguro durante a vida, e principalmente na hora da morte.
5. Derramarei bênçãos abundantes sobre seus projetos.
6. Os pecadores encontrarão em meu Coração a fonte e o oceano infinito de misericórdia.
7. As almas tíbias se tornarão fervorosas.
8. As almas fervorosas serão rapidamente elevadas a grande perfeição.
9. Abençoarei as casas em que a imagem de meu Sagrado Coração estiver exposta e for honrada.
10. Darei aos sacerdotes a graça de mover os corações empedernidos.
11. As pessoas que propagarem esta devoção, terão escrito seu nome em meu Coração e jamais será apagado dele.
12. A todos os que comungarem nove primeiras Sextas-feiras do mês contínuos, o amor onipotente de meu Coração lhes concederá a graça da perseverança final.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Aniversário de D. Fernando Saburido



BIOGRAFIA
Dom Antônio Fernando Saburido
8º Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife e trigésimo segundo Bispo a ocupar o sólio olindense.
Dom Antônio Fernando Saburido nasceu no Distrito de Jussaral, na cidade pernambucana do Cabo de Santo Agostinho, a 32 km do Recife, em 10 de junho de 1947.

Cursou o Ensino fundamental e básico no Seminário Menor da Imaculada Conceição, no bairro da Várzea, Recife, prosseguindo com o Ensino Médio, no Colégio Estadual Oliveira de Lima, em Recife.

Ingressou no Mosteiro de São Bento, em Olinda, para cursar Filosofia e Teologia.

Em 21 de março de 1978 professou votos religiosos como membro da Ordem de São Bento (beneditinos), sendo ordenado sacerdote em 17 de dezembro de 1983.

Foi ecônomo do mosteiro beneditino de Olinda (1980-1988), administrador da Paróquia de São Lucas, no bairro de Ouro Preto, em Olinda (1989) e vigário-geral e coordenador pastoral da Arquidiocese de Olinda e Recife, a partir de 1998.

Em 31 de maio de 2000, foi nomeado pelo papa João Paulo II Bispo Titular de Tacia Montana, sendo consagrado em 20 de agosto de 2000, e assumindo como bispo Auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Em julho de 2002, Dom Fernando Saburido tornou-se presidente do Regional Nordeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Na ocasião, Dom Fernando substituiu Dom Antônio Soares Costa, bispo de Caruaru, que morreu um mês antes.

O papa BENTO XVI nomeou no dia 18 de maio de 2005, Dom Antônio Fernando Saburido, OSB (Ordem de São Bento), de 58 anos, como o novo bispo da diocese vacante de Sobral (CE) - pertencente ao Regional Nordeste 1 da CNBB. Em Sobral Dom Fernando fez importantes trabalhos pastorais, destaca-se, por exemplo, a iniciativa de implantar as "Comissões Episcopais Pastorais" da CNBB. Além da fundação da Fazenda Esperança, que trabalha na recuperação de jovens com dependência química.

Nomeado oficialmente como novo Arcebispo de Olinda e Recife no dia 1º de julho de 2009, Dom Fernando foi empossado, no dia 16 de agosto de 2009.

São João da Catequese


No sábado, 12/06, será a festa de São João da Catequese Casa Forte.
Teremos muitas brincadeiras: pescaria, concurso de danças, o melhor traje maturo, quadrilha improvisada, amarrar o rabo no burro, perguntas e respostas e muito mais.
Vocês conhecerão a vida dos santos juninos.
Catequizandos compareçam e participem.
Salão Paroquial às 15:00h.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Os limites são físicos. As limitações são mentais.

(Recebido por Email)
Ed René Kivitz, cristão, pastor evangélico e santista desde pequenininho,
fez a seguinte reflexão:


OS LIMITES SÃO FÍSICOS. AS LIMITAÇÕES SÃO MENTAIS"
Religião & Espiritualidade


UMA GRANDE LIÇÃO

No episódio envolvendo os jogadores do Santos numa visita ao Lar Espírita
Mensageiros da Luz, que cuida de crianças com paralisia cerebral para
entregar ovos de Páscoa, uma parte dos atletas, entre eles, Robinho, Neymar,
Ganso e Fabio Costa, se recusou a entrar na entidade e preferiu ficar dentro
do ônibus do clube, sob a alegação que são evangélicos e não sabiam que se
tratava de uma casa espírita.
Os meninos da Vila pisaram na bola. Mas prefiro sair em sua defesa. Eles não
erraram sozinhos. Fizeram a cabeça deles. O mundo religioso é mestre em
fazer a cabeça dos outros. Por isso cada vez mais me convenço que o
Cristianismo implica a superação da religião, e cada vez mais me dedico a
pensar nas categorias da espiritualidade, em detrimento das categorias da
religião.
A religião está baseada nos ritos, dogmas e credos, tabus e códigos morais
de cada tradição de fé.
A espiritualidade está fundamentada nos conteúdos universais de todas e cada
uma das tradições de fé.
Quando você começa a discutir quem vai para céu e quem vai para o inferno,
ou se Deus é a favor ou contra à prática do homossexualismo, ou mesmo se
você tem que subir uma escada de joelhos ou dar o dízimo na igreja para
alcançar o favor de Deus, você está discutindo religião. Quando você começa
a discutir se o correto é a reencarnação ou a ressurreição, a teoria de
Darwin ou a narrativa do Gênesis, e se o livro certo é a Bíblia ou o Corão,
você está discutindo religião. Quando você fica perguntando se a instituição
social é espírita kardecista, evangélica, ou católica, você está discutindo
religião.
O problema é que toda vez que você discute religião você afasta as pessoas
umas das outras, promove o sectarismo e a intolerância. A religião coloca de
um lado os adoradores de Allá, de outro os adoradores de Yahweh, e de outro
os adoradores de Jesus. Isso sem falar nos adoradores de Shiva, de Krishna e
devotos do Buda, e por aí vai. E cada grupo de adoradores deseja a extinção
dos outros, ou pela conversão à sua religião, o que faz com que os outros
deixam de existir enquanto outros e se tornem iguais a nós, ou pelo
extermínio através do assassinato em nome de Deus, ou melhor, em nome de um
deus, com d minúsculo, isto é, um ídolo que pretende
se passar por Deus.
Mas quando você concentra sua atenção e ação, sua práxis, em valores como
reconciliação, perdão, misericórdia, compaixão, solidariedade, amor e
caridade, você está no horizonte da espiritualidade, comum a todas as
tradições religiosas.
E quando você está com o coração cheio de espiritualidade, e não de
religião, você promove a justiça e a paz. Os valores espirituais agregam
pessoas, aproxima os diferentes, faz com que os discordantes no mundo das
crenças se deem as mãos no mundo da busca de superação do sofrimento humano,
que a todos nós humilha e iguala, independentemente de raça, gênero, e
inclusive religião.
Em síntese, quando você vive no mundo da religião, você fica no ônibus.
Quando você vive no mundo da espiritualidade que a sua religião ensina - ou
pelo menos deveria ensinar, você desce do ônibus e dá um ovo de páscoa para
uma criança que sofre a tragédia e miséria de uma paralisia cerebral.
"OS LIMITES SÃO FÍSICOS. AS LIMITAÇÕES SÃO MENTAIS"

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Sagrado Coração de Jesus


Próxima sexta-feira, 11/06, é dedidcado ao Sagrado Coração de Jesus.
A Paróquia de Casa Forte tem como padroeiro o Sagrado Coração de Jesus e fará esta semana um tríduo em sua homenagem. Será na terça-feira(08/06), quarta-feira(09/06) e quinta-feira(10/06), sempre às 16:00h.
Na quinta-feira terá adoração ao Santíssimo.
Sexta-feira(11/06),às 16:00h, haverá celebração penitencial com Missa.
PARTICIPEM!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Milagre Eucarístico de Lanciano


"A minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele" (Jo 6,55-56).

Nossos sacrários mantêm entre nós a realidade da Encarnação: "O Verbo se fez carne e habitou entre nós..." E habita ainda verdadeiramente presente entre nós, não somente de uma maneira espiritual, mas com seu próprio Corpo. Esta presença real da carne de Cristo (uma carne viva, unida à alma e à divindade do Verbo, pois Jesus está hoje ressuscitado) é admiravelmente manifestada pelo milagre de Lanciano. Um milagre que dura há mais de 12 séculos e que a ciência examinou, e diante dos fatos, teve que se inclinar.
Sim, um milagre, e bem destinado ao nosso tempo de incredulidade. Pois, como diz São Paulo, os milagres são feitos não para aqueles que crêem, mas para os que não crêem. E Deus permitiu para todos os que ainda duvidam da presença Eucarística do Cristo ou que a negam, que um milagre, que dura 12 séculos, fosse nos últimos anos, posto em evidência e verificado pela própria ciência. "Isto é meu corpo! Isto é meu sangue!", disse Cristo (cf. Mt 26,26-28).
Este prodigioso milagre deu-se por volta dos anos 700, na cidade italiana de Lanciano, na igreja do mosteiro de São Legoziano, onde viviam os monges da Ordem Basiliana (de São Basílio).
Entre os monges, havia um que se fazia notar mais por sua cultura mundana do que pelo conhecimento das coisas de Deus. Sua fé parecia vacilante, e ele era perseguido todos os dias pela dúvida de que a hóstia consagrada fosse verdadeiro Corpo de Cristo e o vinho Seu verdadeiro Sangue. Mas a Graça Divina nunca o abandonou, fazendo-o orar continuamente para que esse insidioso espinho saísse do seu coração.
Foi quando, certa manhã, celebrando a Santa Missa, mais do que nunca atormentado pela sua dúvida, após proferir as palavras da Consagração ele viu a hóstia converter-se em Carne viva e o vinho em Sangue vivo. Sentiu-se confuso e dominado pelo temor diante de tão espantoso milagre, permanecendo longo tempo transportado a um êxtase verdadeiramente sobrenatural. Até que, em meio a transbordante alegria, o rosto banhado em lágrimas, voltou-se para as pessoas presentes e disse:
"Ó bem-aventuradas testemunhas diante de quem, para confundir a minha incredulidade, o Santo Deus quis desvendar-se neste Santíssimo Sacramento e tornar-se visível aos vossos olhos. Vinde, irmãos, e admirai o nosso Deus que se aproximou de nós. Eis aqui a Carne e o Sangue do nosso Cristo muito amado!"
A estas palavras os fiéis se precipitaram para o altar e começaram também a chorar e a pedir misericórdia. Logo a notícia se espalhou por toda a pequena cidade, transformando o monge num novo Tomé.
A Hóstia-Carne apresentava, como ainda hoje se pode observar, uma coloração ligeiramente escura, tornado-se rósea se iluminada pelo lado oposto, e tinha uma aparência fibrosa; o Sangue era de cor terrosa (entre amarelo e o ocre), coagulado em cinco fragmentos de formas e tamanhos diferentes.
Serenada a emoção de que todo o povo foi tomado, e dadas aos Céus as graças devidas, as relíquias foram agasalhadas num tabernáculo de marfim, construído a mando das pessoas mais credenciadas do lugarejo.
A partir de 1713, até hoje, a Carne passou a ser conservada numa custódia de prata, e o Sangue, num cálice de cristal.
Os Frades Menores Conventuais guardam o Milagre desde 1252, por vontade de Landulfo, bispo da vila de Chieti. Os monges da Ordem de São Basílio guardaram o Milagre até 1176 e os Beneditinos até 1252.
Em 1258 os Franciscanos construíram o santuário atual, que foi transformado em 1700 de romântico-gótico em barroco. Desde 1902 as relíquias estão custodiadas no segundo tabernáculo do altar monumental, erigido pelo povo de Lanciano no centro do presbitério.

O Milagre e a Ciência

Aos reconhecimentos eclesiásticos do Milagre, a partir de 1574, veio juntar-se o pronunciamento da Ciência moderna através de minuciosas e rigorosas provas de laboratório.
Foi em 18 de novembro de 1970 que os Frades Menores Conventuais decidiram, devidamente autorizados, confiar a dois médicos de renome profissional e idoneidade moral a análise científica das relíquias. Para tanto, convidaram o Dr. Odoardo Linoli, Chefe de Serviço dos Hospitais Reunidos de Arezzo e livre docente de Anatomia e Histologia Patológica e de Química e Microscopia Clínica, para, assessorado pelo Prof. Ruggero Bertelli, Prof. emérito de Anatomia Humana Normal na Universidade de Siena, proceder aos exames.
Após alguns meses de trabalho, exatamente a 4 de março de 1971, os pesquisadores publicaram um relatório contendo o resultado das análises:

* A Carne é verdadeira carne.
* O Sangue é verdadeiro sangue.
* A Carne é do tecido muscular do coração (contém, em seção, o miocárdio, endocárdio, o nervo vago e, no considerável espessor do miocárdio, o ventrículo cardíaco esquerdo).
* A Carne e o Sangue são do mesmo tipo sangüíneo (AB) e pertencem à espécie humana.
* No Sangue foram encontrados, além das proteínas normais, os seguintes minerais: cloreto, fósforo, magnésio, potássio, sódio e cálcio. As proteínas observadas no Sangue encontram-se normalmente fracionadas em percentagem a respeito da situação seroproteínica do sangue vivo normal. Ou, seja, é sangue de uma pessoa VIVA.
* A conservação da Carne e do Sangue, deixados em estado natural por doze séculos e expostos à ação de agentes físicos, atmosféricos e biológicos constitui um fenômeno extraordinário.

E antes mesmo de redigirem o documento sobre o resultado das pesquisas, realizadas em Arezzo, os doutores Linoli e Bertelli enviaram aos Frades um telegrama nos seguintes termos:

"E o Verbo se fez Carne!"

E o impressionante é que é a Carne do Coração. Não a carne de qualquer parte do Corpo adorável de Jesus, mas a do músculo que propulsiona o Sangue – e portanto a vida – ao corpo inteiro; do músculo que é também o símbolo mais manifesto e o mais eloqüente do amor do Salvador por nós.
A Eucaristia é, na verdade, o dom por excelência do Coração de Jesus. "Meu Coração é tão apaixonado de amor pelos homens", disse um dia o Cristo em Parayle-Monial, revelando seu Sagrado Coração a Santa Margarida Maria. Uma paixão que o conduziu à cruz, que torna hoje presente sobre nossos altares, em nossos sacrários e até em nossos corações.
Em todo o caso, guardemos isto: na Eucaristia eu recebo o Cristo todo inteiro. É verdadeiramente que se dá e que eu como.
Tanto na hóstia como no vinho, está Jesus Cristo vivo e inteiro (corpo, sangue, alma e divindade). A comunhão eucarística existe nas duas espécies, na espécie do pão e na espécie do vinho, só que o vinho não é somente o sangue de Jesus, mas sim o próprio Jesus. E da mesma forma a hóstia não é somente carne, mas sim o próprio Jesus. O que aconteceu em Lanciano, acontece em todas as igrejas do mundo e em qualquer missa, a única diferença é que lá em Lanciano além de transubstanciar a substância (pão e vinho), transubstanciou-se também a aparência.

"Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a
vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia" (Jo 6,54)
.

do site http://deusvivorj.sites.uol.com.br/principal.htm