Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Pulseiras colorida de silicone


Li este texto no blog pequenogigante.blogspot.com e achei importante colocar aqui, pois tem muitas adolescentes que usam e não sabem o seu significado.

Pulseiras coloridas – CUIDADO!!
IMPORTANTE ALERTA!!! Estas pulseiras coloridas estão na moda, mas nem tudo que está na moda convém. Leiam com atenção os textos abaixo. Isto é muito sério e está acontecendo.

“Luzia Toledo alerta para uso de pulseiras coloridas por jovens
Extraído de: Assembléia Legislativa do Estado do Espirito Santo - 16 de Novembro de 2009

Pulseirinhas coloridas de silicone estão sendo usadas por adolescentes como parte de um jogo que pode acabar em um simples beijo ou até em sexo. E, sem atinar para o significado do adereço, os pais compram as pulseiras para os filhos.

O alerta é da deputada Luzia Toledo (PMDB), que se mostrou preocupada com a disseminação das pulseirinhas. O adereço é barato: em média R$ 1,00 um conjunto de 12 pulseiras. No jogo, cada cor tem um significado: um abraço, um beijo e até sexo.

Pelas regras do jogo, o jovem que arrebenta a pulseira de determinada cor no pulso de uma menina, por exemplo, tem direito a reclamar o que ela significa. Se quebrar a correspondente a um beijo, a menina que teve a pulseira quebrada deve dar o beijo.

A deputada Luzia Toledo recomenda aos pais que fiquem atentos. "Essas pulseiras só aumentam a permissividade", disse. Membro efetivo da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (Ales), a deputada pensa em propor uma audiência pública para um debate amplo sobre o tema.”



“Pulseira do sexo
Olha a que ponto chegou o ataque do inimigo às nossas crianças!!!!

Esse post é da Quiane, artesã de Campinas/SP:

"Há duas semanas vem meninos e meninas na minha barraca na feira atrás dessas pulseiras, é uma moda em Londres e veio pra cá e se espalhou rapidamente na minha cidade.
Eu não vendo esse tipo de produto pois só vendo produtos feito a mão, como é estranho essas coisas, todos tem a mesma atitude, como se não pensassem, são crianças que se vestem igual, sem atitude, sem questionar o que serve ou não serve.
Descobri agora que essas pulseiras são usadas para a prática do sexo. Cada cor representa um tipo de coisa, leia abaixo o que achei na internet:
"À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças parece inocente. Mas na realidade são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade,desde um abraço até ao sexo propriamente dito.
Poderia confundir-se com mais uma daquelas modas que pega, uma vez que é usado por milhares em várias escolas primárias e preparatórias no Reino Unido e custa apenas uns cêntimos em qualquer banca ao virar da esquina. E antes fosse.
Mas as diferentes cores das ditas pulseiras de plástico - preto, azul,vermelho, cor-de-rosa, roxo, laranja, amarelo, verde e dourado -mostra até que ponto os pupilos estão dispostos a ir, se proporcionar, desde dar um beijo até fazer sexo.
Andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de arrebentar uma das pulseiras. Quem a usava terá de "oferecer" o actofísico a que corresponde a cor. É o "último grito" do comportamento promíscuo que sugere, cada vez mais, que a inocência da infância pertence a um passado longínquo.
Quase tão chocante como as "festas arco-íris" - encontros com muito álcool e droga à mistura, em que as raparigas usam batons de cores diferentes para deixar a "marca" nos rapazes após o sexo oral -, as «pulseiras do sexo», que custam apenas um euro (um pacote com várias),têm um custo maior que foge ao alcance de muitos pais.
«A amarela é a melhor porque significa que só se tem de abraçar um rapaz. A laranja significa uma "dentadinha de amor" e a roxa já dá direito a um beijo com língua», explica uma menina de 12 anos ao jornal The Sun. Todavia, à medida que a paleta de cores avança, o nível de intimidade também é maior: «se um rapaz arrebentar uma pulseira cor-de-rosa, a rapariga tem de lhe mostrar o peito, se for vermelha tem de lhe fazer uma lap dance e azul é sexo oral», continua. Asverdes são as dos «chupões no pescoço».
As pulseiras mais ambicionadas são a preta e a dourada, significando a primeira «ir até ao fim com um rapaz» e a segunda todos os actos descritos anteriormente, do mais inocente ao mais impróprio para a idade. «A douradas são muito raras, por isso se encontrares uma na loja, tens de obrigar a tua mãe a ir comprá-la!», explica.
Símbolo de respeito
Como quase em tudo nestas idades, existe um estigma por detrás das pulseiras: quem não as usar é ostracizado e quem usar as cores preto e dourado émais respeitado. «No meu grupo da escola, a líder - que serve de exemplo para todos - só usa pulseiras pretas e douradas.Todos os rapazes da minha turma usam pretas e se uma rapariga também usa, eles gostam todos dela», conta a criança de 12 anos.
Shannel Johnson, de 32 anos, descobriu através da filha, de oito, o significado das pulseiras e admitiu ao The Sun que nunca suspeitariado código subjacente. Quando a filha Harleigh lhe disse que se alguma rebentasse, tinha de fazer um «bebé com um rapaz», Shannel teve uma conversa com a filha, chamando-a à realidade.
Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda."




Código das cores:
Amarela - abraço
Rosa - mostrar o peito
Laranja - dentadinha de amor
Roxa - beijo com a língua - talvez sexo
Red - lap dance
Verde - sexo oral a ser praticado pelo rapaz
Branca - a menina escolhe o que lhe apetecer
Azul - sexo oral a ser praticado pela menina
Preta - sexo com a menina na posição de missionário

Gente o que é isso????

Resolvi fazer esse post pois quem é mãe e pai as vezes não sabe o que tem por trás das modas e tenho certeza que as crianças estão usando sem saber o que significa...
Eu como mãe não iria querer ver a minha filha usando isso, mesmo que ela não soubesse, pois sempre tem gente que sabe e poderia obrigá-la a fazer coisas...
Fiquem atentos!!!!
Basta de porcaria, pornografia no Brasil e no Mundo
Vamos cuidar das nossas crianças!"

Fonte: http://arte-com-quiane.blogspot.com/2009/11/pulseira-do-sexo-vc-sabia-dessa-moda.html



Pais, cuidem de seus filhos!!!

Fiquem com Deus!

Celebração da Primeira Eucaristia

"É graça divina começar bem. Graça maior persistir na caminhada certa. Mas, graça das graças é não desistir nunca." (Dom Hélder Câmara)

Aconteceu no último sábado, 21 de novembro - Cristo Rei, a Primeira Eucaristia de trinta e cinco catequizandos da Paróquia de Casa Forte. Foi uma linda festa. Todos estavam bem concentrados para receber pela primeira vez o corpo e o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.
A partir das 15:00h começaram a chegar no Salão Paroquial, onde se reuniram e tiraram algumas fotos e se prepararam para ir em procissão à Igreja. Estavam todos animados e um pouco nervosos, inclusive os catequistas. Antes da saída foi rezado uma Ave-Maria, pedindo a benção de Nossa Senhora.
Chegando na Igreja, que estava bastante cheia com os paroquianos, familiares e amigos dos catequizandos, entraram em procissão. A música de entrada foi "Batam Palmas", do padre João Carlos. Sentaram-se cada qual no seu devido lugar. O padre Edwaldo os acolheu e deu um tempo para os fotógrafos tirarem fotos. Saiu tudo certinho como foi ensaiado.
Foi uma bela e piedosa celebração.
No momento da comhunhão percebia-se a felicidade dos catequizandos, familiares e catequistas.
O momento final foi realmente emocionante. Para homenagear os pais, os adolescentes, enquanto cantavam a música do padre Zezinho, "Ilumina", erqueram um pequeno coração que piscava. Todas as luzes da Igreja foram apagadas. As lágrimas escorreram pelos rostos de muitos que lá estavam.
"Nossa prece de filhos é prece de quem agradece.
Nossa prece é de filhos que sentem orgulho dos pais.
Que eles trilhem os teus caminhos!
Louvem e sejam louvados! Sejam recompensados!
Ilumina, Ilumina
Nossos pais, nossos filhos e filhas!
Ilumina, ilumina
cada passo das nossas famílias!"
Terminado a celebração saíram todos em procissão, juntamente com o padre.

Querido catequizando:
Que o Cristo Ressuscitado esteja sempre caminhando com você e particpando de sua vida com sua família e seus amigos.
Parabéns pelo dia de sua Primeira Eucaristia!

Os catequistas de sua Paróquia aguardam vocês para participarem do grupo de Perseverança.

Continuemos nossa caminhada com Jesus Cristo!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

PRIMEIRA EUCARISTIA


Finalmente está chegando o grande dia. Será neste sábado, 21 de novembro de 2009,à 16:00, na Missa com Crianças, que nossos 35 catequizandos receberão pela primeira vez o corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Ao longo deste ano preparamos com muito carinho todos eles. Foi um ano maravilhoso, que agora será coroado na Festa do Cristo Rei do Universo.
Ontem, eles receberam o Sacramento da Confissão, com os padres José Edwaldo Gomes e Luiz Gonzaga Coelho Júnior. Foi tudo muito tranquilo, pois eles foram muito bem preparados para este momento.
Ficamos felizes, pois além dos adolescentes, alguns pais também aproveitaram para se confessarem. Teve um que há quarenta anos não recebia este sacramento.
É de grande alegria para nós quando vemos um filho trazer seus pais para a Igreja. Isso prova que as sementes lançadas encontraram terreno fértil e já estão dando frutos.
Hoje à tarde será nosso ensaio geral.
Que o Espírito Santo nos ilumine e que tudo trancorra na mais santa paz...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

SACRAMENTO DA RECONCILIAÇÃO, CONVERSÃO, PENITÊNCIA OU DA CONFISSÃO


“Os pecados daqueles que vocês perdoarem serão perdoados. Os pecados daqueles que vocês não perdoarem não serão perdoados.” (Jo 20,23)

Chama-se Sacramento da Conversão, pois realiza-se sacramentalmente o convite de Jesus para o caminho de volta ao Pai, do qual a pessoa se afastou pelo pecado.

Chama-se Sacramento da Penitência porque consagra um esforço pessoal e eclesial de arrenpedimento e de satisfação do cristão pecador.

Chama-se Sacramento da Confissão porque a declaração dos pecados diante do sarcedote de Deus concede o perdão e a paz.

É também chamado de Sacramento da Reconciliação porque dá ao pecador o amor de Deus que reconcilia: "Reconciliai-vos com Deus" (2Cor 5,20).

Quem vive do amor misericordioso de Deus, está pronto a responder ao apelo do Senhor: "Vai primeiro reconciliar-te com teu irmão" (Mt 5,24).

É no sacramento do perdão que Deus reconhece nossas falhas, nossas limitações, mas reconhece também nossa boa vontade. Jesus disse: "Eu detesto o pecado mas amo o pecador".

Uma história:
Renato era um menino muito bom que morava num bairro pobre. Tinha dois irmãos. Ele ajudava a família, fazendo pequenos carretos na feira. Eram pobres, mas felizes, porque eram unidos.
Acontece que Renato tinha outros colegas de carreto, que não se davam bem com suas famílias; queriam mudar de vida e conhecer o mundo. E Renato acabou indo na onda deles e deixou a sua casa, entrando na droga.
No início fou tudo bem, porque era novidade. Mas com o passar do tempo as coisas foram ficando difíceis.
Renato perdeu o emprego, ficou doente, foi emagrecendo e, o pior de tudo, começou a bater a saudade e o remorso. Foi aí que Renato começou a sentir o quanto ele tinha perdido, saindo de casa. Estava sem lar, sem amigos, sem saúde e sem apoio.
Ficou arrependido, mas não tinha forças para deixar a droga. Foi então que encontrou um dedicado grupo ‘anti-droga’ que lhe deu a mão e ele pode voltar para a família.
Os seus pais nunca tinham perdido a esperança de rever o seu querido filho e o receberam com alegria e carinho.
Renato aprendeu uma grande lição: valorizar a formação que recebeu da família porque ela é uma igreja doméstica.
A família é o lugar de amor, de perdão, de fraternidade, de união.
O que aconteceu com Renato foi uma conversão.
Jesus fica muito feliz quando nós voltamos para ele, reconhecendo nossos erros, pedindo perdão.
Deus nos ama e nos perdoa quando nos arrependemos sinceramente.
Deus conhece as nossas fraquezas e as nossas limitações, por isso Ele está sempre disposto a nos acolher.
Quando nos arrependemos, pedimos perdão e confessamos os nossos pecados, nós crescemos diante de Deus e dos irmãos.
Devemos contar todos os nossos pecados ao padre para receber o perdão, pois com isso nos restituiu a vida na graça e nos dá novo vigor para evitarmos pecar.



Requisitos para fazer uma boa confissão

Exame de Consciência: Rezar e pensar nos pecados cometidos. Examinemos a nossa consciência e lembremo-nos dos pecados que hoje cometemos por pensamentos, palavras, atos e omissões:
a) Nas nossas orações e outros exercícios de piedade;
b) No respeito e docilidade para com os nossos pais e quaisquer outros nossos superiores e no cumprimento de nossas obrigações;
c) No cuidado sobre os nossos sentidos, particularmente a vista e a língua; se falamos mal do próximo; se proferimos alguma palavra grosseira ou desonesta;
d) Nas ações, pensamentos e afeições: se houve alguma coisa menos digna ou desregrada;
e) No exercício da caridade: se maltratamos o nosso próximo e se, podendo socorrer alguém, deixamos de fazê-lo

Contrição ou arrependimento: Tristeza dos nossos erros e de nossa falta de amor a Deus.

Propósito: Evitar o pecado e servir a Deus com mais amor.

Confissão: Acusação clara e objetiva dos pecados ou falhas cometidas. Não tenha medo, receio ou vergonha de abrir seu coração para um padre. Por Jesus Cristo, só ele tem o poder de perdoar nossos pecados. Qualquer pecado! Desde que estejamos sinceramente arrependidos. Deus detesta o pecado, mas ama o pecador. É preciso saber também que para ser perdoado, precisamos também perdoar aquele que nos ofende, pois quando perdoamos alguém, o grande beneficiado somos nós mesmos. Não devemos confessar por medo e sim para voltar à graça de Deus

Penitência: Nos é dada pelo sarcedote para demonstrarmos nosso arrependimento e a firmeza de nosso propósito de evitar pecar e de reparar as falhas cometidas.

Os efeitos espirituais do Sacramento da Penitência são:

1.A reconciliação com Deus, pela qual o penitente recobra a graça;
2.A reconciliação com a Igreja;
3.A remissão da pena eterna devida aos pecados mortais(são três os tipos de pecados: venial, que é uma falta leve; mortal, que é uma falta grave; e o pecado da omissão)
4.A remissão, pelo menos em parte, das penas temporais, sequelas do pecado;
5.A paz e a serenidade da consciência e a consolação espiritual;
6.O acréscimo de forças espirituais para o combate cristão.

Sem o perdão de Jesus vivemos como filhos pródigos (Lc 15, 11-24). Na parábola do filho pródigo encontramos todos estes requisitos: fazer o exame de consciência, admitir o erro, ter o propósito de voltar para o Pai, confessar e adimitir-se pecador diante do Pai e proferir a sua penitência. "Não sou mais digno de ser chamado seu filho".

Santa Terezinha do Menino Jesus dizia: "Os nosso pecados por mais feios e numerosos que sejam, desaparecem diante da bondade de Deus, como uma gotinha de água no oceano imenso." O Pai do céu nos ama tanto que nos quer sempre perto dele.

Ato de Contrição
Meu Deus, em me arrependo de vos ter ofendido. Prometo me esforçar para não pecar mais. Meu Jesus, misericórdia. Amém.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Manhã de Reflexão


No sábado, 14 de novembro, aconteceu em nossa catequese a Manhã de Reflexão para Pais e Catequizandos. Os catequizandos tiveram uma aula especial, cada turma em sua própria sala e os pais reuniram-se na casa do padre Edwaldo, tendo como palestrante Ana Cláudia. Foi um encontro maravilhoso.
Os catequizandos de Primeira Eucaristia aprenderam mais sobre os Sacramentos, especialmente o Sacramento da Confissão ou Penitência. Eles estão se preparando para a confissão que acontecerá na quinta-feira, 19/11, às 8:30 da manhã. Fizemos bastante dinâmicas com eles. Foi muito divertido.
Encerramos nosso dia com um almoço com os pais, catequizandos, catequistas e, claro que não poderia faltar, nosso pároco padre Edwaldo Gomes.
O almoço foi oferecido pela Casa da Criança Marcelo Asfora e o bolo foi da Catequese Casa Forte. Estava tudo delicioso.
Veja as fotos no álbum do Picassa.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Comemoração dos Fiéis Defuntos


Neste dia ressoa em toda a Igreja o conselho de São Paulo para as primeiras comunidades cristãs: "Não queremos, irmãos, deixar-vos na ignorância a respeito dos mortos, para que não vos entristeçais como os outros que não tem esperança" ( 1 Tes 4, 13).

Sendo assim, hoje não é dia de tristezas e lamúrias, e sim de transformar nossas saudades, e até as lágrimas, em forças de intercessão pelos fiéis que, se estiverem no Purgatório, contam com nossas orações.

O convite à oração feito por nossa Mãe Igreja fundamenta-se na realidade da "comunhão dos santos", onde pela solidariedade espiritual dos que estão inseridos no Corpo Místico, pelo Sacramento do Batismo, são oferecidas preces, sacrificios e Missas pelas almas do Purgatório. No Oriente, a Igreja Bizantina fixou um sábado especial para orações pelos defuntos, enquanto no Ocidente as orações pelos defuntos eram quase geral nos mosteiros do século VII; sendo que a partir do Abade de Cluny, Santo Odilon, aos poucos o costume se espalhou para o Cristianismo, até ser tornado oficial e universal para a Igreja, através do Papa Bento XV em 1915, pois visava os mortos da guerra, doentes e pobres.

A Palavra do Senhor confirma esta Tradição pois "santo e piedoso o seu pensamento; e foi essa a razão por que mandou que se celebrasse pelos mortos um sacrifício expiatório, para que fossem absolvidos de seu pecado" (2 Mc 2, 45). Assim é salutar lembrarmos neste dia, que "a Igreja denomina Purgatório esta purificação final dos eleitos, que é completamente distinta do castigo dos condenados" (Catecismo da Igreja Católica).

Portanto, a alma que morreu na graça e na amizade de Deus, porém necessitando de purificação, assemelha-se a um aventureiro caminhando num deserto sob um sol escaldante, onde o calor é sufocante, com pouca água; porém enxerga para além do deserto, a montanha onde se encontra o tesouro, a montanha onde sopram brisas frescas e onde poderá descansar eternamente; ou seja, "o Céu não tem portas" (Santa Catarina de Gênova), mas sim uma providencial 'ante-sala'.

"Ó meu Jesus perdoai-nos, livrai-nos do fogo do Inferno. Levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente as que mais precisarem! Amém!"
do site.www.cancaonova.com

domingo, 1 de novembro de 2009

São Hélder Câmara


Profeta do Jubileu Maior e Verdadeiro
- Um milênio sem fome e exclusão!
Ninguém há de calar e/ou abafar
o toque do teu berrante.
Nor destino cabeça-chata, quem diria?
- do nordeste sai alguma coisa que preste?

Franzino-raquítico, valente como leão,
forte como Davi.
Ornamento, sem enfeite, da Festa Maior
- e stética evangélica, diria outro profeta!

As catacumbas (fora de Roma!), os pobres te fizeram santo, profeta, pobre dos pobres!
Rei sem reino nem palácio, tua casa/sacristia, abrigo inseguro/atacado
- até dos que deviam (por dinheiro) assassinar-te: Belém é aqui!
Bispo comunista, vermelho, encarnado,
memória perigosa e subversiva do sangue derramado, ontem como hoje.

Mas de batina, lenço-manto dos angustiados e desprotegidos: Verônica sempre!
Choramos tua ausência, mesmo que presente.
Talvez porque ainda não compreendemos que "é preciso" que morra a semente
para que outros frutos possam nascer.
A semente é boa: pelos frutos conhecemos a semente!

As catedrais não hão de conter-te e/ou abafar-te Como não o fizeram a batina, a mitra, nem as cúrias - romanas ou militar. Filho da Cruz, servente menor do Banquete:és dom de Deus (no Dom) para os pobres e pequenos, juiz (no juiz) dos grandes e poderosos.

Levaremos adiante tua (d'Ele!) causa santa e comunista como Igreja Povo de Deus, dando comida aos pobres,
perguntando porque não a têm e
aliando-nos às tuas lutas e organizações.

Continuaremos unidos assim na terra como no céu na luta pelo pão nosso de cada dia. Rogue a Deus por nós.
Obrigado!


Francisco de Aquino Júnior
do site www.paulinas.org