Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Igreja promove debate com candidatos presidenciáveis


Em cima da mesa, vão estar temas como o aborto, a eutanásia e a utilização de símbolos religiosos nos locais públicos
Hoje,23/08 (segunda-feira), vai ter lugar um debate entre representantes da Igreja brasileira, da sociedade civil e os diversos candidatos às eleições presidenciais no país.

Trata-se de uma iniciativa que partiu da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O objetivo é dar a conhecer às pessoas quais as ideias dos políticos concorrentes, relativas a matérias como o aborto, o recurso a células tronco embrionárias e a utilização de símbolos religiosos nos locais públicos.

Num artigo publicado no site oficial da CNBB, D. Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo, refere que uma questão espinhosa para os candidatos será "o pleno respeito à dignidade da pessoa e à sua vida em todos os momentos. Questões como o aborto, a eutanásia, a manipulação de seres humanos nas pesquisas científicas acabam por ser evitadas, ou tratadas de maneira evasiva. O direito à vida não pode ser submetido ao arbítrio da maioria".

D. Antônio Duarte, bispo auxiliar do Rio de Janeiro, refere numa outra nota que "neste período de campanha eleitoral, quando se procura uma renovação dos quadros executivos e legislativos do país e dos estados brasileiros, o tema do aborto e demais temas relacionados - eutanásia, pílula do dia seguinte, distanásia, segurança pública, atendimento hospitalar público - podem ficar escondidos, sob o manto das manchetes apelativas, a respeito das pesquisas de opinião pública ou do crescimento econômico-social promovido por governantes e partidos a eles ligados".

"O povo brasileiro não pode continuar a ser ingênuo e embarcar numa atitude de omissão política", refere ainda o mesmo prelado.

O debate vai ter lugar no auditório da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, hoje, a partir das 22 horas (18 horas em Lisboa). A transmissão, em direto, estará a cargo das principais emissoras de televisão de inspiração católica do Brasil, entre as quais a TV Canção Nova e a Rede Aparecida. A iniciativa poderá ainda ser acompanhada através do portal da Canção Nova, em www.cancaonova.com.

As eleições presidenciais brasileiras estão a ser disputadas por nove candidatos. Marina Silva, do Partido Verde; José Serra, do Partido da Social-democracia Brasileira; e Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, são os favoritos à corrida, de acordo com as últimas sondagens. A primeira volta das presidenciais está marcada para dia 3 de Outubro.

Fonte: Agência Ecclesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário