Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

sábado, 24 de setembro de 2011

Êxodo 5,15-23;6,1

15 Os inspetores israelitas foram, então, reclamar diante do Faraó, dizendo: «Por que o senhor trata assim os seus servos? 16 Estão exigindo que façamos tijolos, mas não nos dão palha. Seus servos são açoitados, mas o culpado é o seu povo!» 17 O Faraó, porém, respondeu: «Vocês são muito preguiçosos! É por isso que andam dizendo: ‘Vamos oferecer sacrifícios a Javé’. 18 Pois agora, vão e trabalhem. Vocês não receberão palha, mas terão que produzir a mesma quantidade de tijolos».19 Então os inspetores israelitas se viram em aperto, pois fora dito para eles que não deviam diminuir a produção diária de tijolos. 20 Quando saíram da presença do Faraó, encontraram Moisés e Aarão que estavam à espera deles. 21 Então lhes disseram: «Que Javé examine e julgue a vocês, porque vocês é que nos tornaram odiosos ao Faraó e à sua corte, e puseram na mão deles uma espada para nos matar». O projeto continuará pela força -* 22 Então Moisés voltou-se para Javé e perguntou: «Senhor, por que maltratas este povo? Por que me enviaste? 23 Desde que me apresentei ao Faraó para falar em teu nome, o povo é maltratado, e tu não libertaste o teu povo».

1 Javé respondeu a Moisés: «Agora você verá o que vou fazer ao Faraó. É pela força que ele os deixará partir, e até os expulsará do seu país!»

Compartilhe com o padre Reginaldo Manzotti a experiência que esta leitura lhe trouxe no dia de hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário