Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Nota aos fiéis sobre a prevenção da gripe A (H1N1)

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL – REGIONAL NE 2

NOTA AOS FIÉIS SOBRE A PREVENÇÃO DA GRIPE A (H1N1)

Os fiéis que apresentarem sintomas de gripe devem evitar o comparecimento aos encontros da Paróquia (Missas, reuniões), mesmo em dia de domingo, devendo procurar, o quanto antes, a Unidade de Saúde mais próxima para um diagnóstico seguro sobre o tipo de gripe ou resfriado que têm. Eles poderão sempre unir-se à celebração da Santa Missa através do Rádio ou da Televisão. Os pais devem ter igual cuidado, com relação às crianças da Catequese.

1. Cuide-se, na medida do possível, que as Igrejas e locais de celebrações e de reuniões estejam bem arejados, com janelas e portas abertas.

2. Os Celebrantes e os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, antes da celebração, devem lavar, cuidadosamente, as mãos e, imediatamente, antes da distribuição da Santa Comunhão, lavar as mãos com o álcool gel, que deverá ser utilizado novamente após a distribuição da Eucaristia.

3. Não se deve receber a Sagrada Hóstia diretamente sobre a língua, mas somente na palma da própria mão. O fiel deve imediatamente levar a Partícula à própria boca, comungando na frente do Sacerdote ou Ministro.

4. Igualmente, não se distribua a Sagrada Comunhão sob as duas espécies, não permitindo que o fiel, uma vez recebida a Hóstia, a molhe no Cálice, nem entregando ao fiel a Hóstia previamente molhada no Precioso Sangue.

5. Sejam omitidos, nas celebrações, o abraço da paz e as orações de mãos dadas.

6. Até segunda ordem, não devem ser enchidas as pias de água benta, nas entradas das Igrejas. As pessoas que desejarem, peçam ao Sacerdote para benzer água, que utilizarão em particular, nas próprias casas.

7. Os Párocos procurem divulgar, nos quadros de avisos das Igrejas e nas Secretarias Paroquiais, as orientações sobre a prevenção da gripe A (H1N1), fornecidas pelas Autoridades Sanitárias.

Estas disposições, de natureza pastoral, estarão em vigor enquanto perdurar o risco de contaminação por esta doença que, - todos desejamos -, seja o mais breve possível. Sobre todos invocamos a Benção e a Proteção do Deus da Vida.

Recife, 17 de Agosto de 2009.

Província Eclesiástica de Olinda e Recife

+ Antônio Fernando Saburido OSB., Arcebispo de Olinda e Recife
+ Paulo Cardoso da Silva OCarm., Bispo de Petrolina
+ Bernardino Marchió, Bispo de Caruaru
+ Adriano Ciocca Vasino, Bispo de Floresta
+ Genival Saraiva de França, Bispo de Palmares e Secretário do Regional
+ Francesco Biasin, Bispo de Pesqueira
+ Severino Batista de França OFMCap., Bispo de Nazaré
+ Fernando Guimarães CSsR., Bispo de Garanhuns
Mons. João Carlos Acioly Paz, Administrador Diocesano de Afogados da Ingazeira

Província Eclesiástica da Paraíba

+ Aldo Di Cillo Pagotto, SSS, Arcebispo da Paraíba
+ José González Alonso, Bispo de Cajazeiras
+ Jaime Vieira Rocha, Bispo de Campina Grande e Vice-Presidente do Regional
+ Manoel dos Reis de Farias, Bispo de Patos
+ Francisco de Assis Dantas de Lucena, Bispo de Guarabira

Província Eclesiástica de Maceió

+ Antônio Muniz Fernandes OCarm, Arcebispo de Maceió e Presidente do Regional
+ Valério Breda SDB, Bispo de Penedo
+ Dulcênio Fontes de Matos, Bispo de Palmeira dos Índios

Província Eclesiástica de Natal

+ Matias Patrício de Macêdo, Arcebispo de Natal
+ Mariano Manzana, Bispo de Mossoró
+ Manoel Delson Pedreira da Cruz OFMCap., Bispo de Caicó


Ministério de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário