Como nos organizamos?

Como nos organizamos?
Clique aqui para saber

terça-feira, 12 de maio de 2009

Nossa Senhora de Fátima


Em plena primeira guerra mundial, três pastorinhos portugueses de nome Lúcia,de dez anos, Francisco, de nove anos e Jacinta, de sete anos, presenciaram uma aparição que seria testemunha da presença divina em nosso mundo.
A Senhora marcou um encontro com essas crianças para o dia 13 de todo mês, para realizar as suas aparições em um campo de nome Cova da Iria. Lúcia, a mais velha, pediu segredo, mas os mais novos não conseguiram guardá-lo. Contaram a outras pessoas o fato extraordinário e no dia 13 de junho os pastorinhos já não estavam sozinhos. Em 13 de julho, por ocasião da terceira aparição, Nossa Senhora prometeu um milagre para que o povo acreditasse nas três crianças. Mas a 13 de agosto, os três videntes, fechados no cárcere, não puderam ir à Cova da Iria.
Em 13 de outubro, uma multidão de 70 mil pessoas lotavam o local das aparições e testemunharam o sol mover-se entre chamas multicores, como se fosse se destacar do firmamento. E deixou sua mensagem ao mundo: “Rezem o terço todos os dias; rezem muito e façam sacrifícios pelos pobres pecadores; são muitos os que vão para o inferno por não haver quem se preocupe em rezar e fazer sacrifícios por eles. A guerra logo vai acabar, mas se não pararem de ofender ao Senhor, não passará muito tempo para vir outra pior. Abandonem o pecado de suas próprias vidas e procurem eliminá-lo da vida dos outros, colaborando com a Redenção do Salvador”. Em 1946 a estátua de Nossa Senhora de Fátima foi coroada diante de uma multidão de 800.000 pessoas. A 13 de maio de 1967, por ocasião do cinqüentenário das aparições, o papa Paulo VI foi a Fátima onde se encontrou com a vidente Lúcia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário